domingo, 21 de setembro de 2008

Olha aí tchê!

Não tem expressão que indique melhor que tu fez uma cagada do que o "Olha aí tchê!".

É batata:

A criança está descendo a escada com o vidro de perfume da mãe. Um pé após o outro, um patins no meio do caminho e cataploft. Vidro quebrado e criança com o joelho ralado. E o pai, que está passando ali por perto só consegue falar:

- Olha aí tchê!

Ou então:

Roberta está aprendendo a dirigir. Fernando dá uns toques, explica algumas coisas. É gentil, disfarça bem quando está irritado com as barbeiragens de seu amor. Até Roberta chegar no cruzamento mais perigoso do bairro, engatar a marcha errada e fazer o carro apagar em pleno horário de pico. Fernando só estica as mãos espalmadas para a frente e brada:

- Olha aí tchê!!

E o mais legal de tudo isso, é que as pessoas só gritam pra tu olhar pra alguma merda que tu já tenha feito, depois de ter feito a tal merda. Faria mais sentido se o alerta fosse dado antes.

Um comentário:

Aline Dias disse...

bah, Tche! Marcelo Camelo bodoso?
que isso? (alertei antes)
esse é o "bah, tche".
engraçado que às vezes falo "Tche" e já me olham com cara de susto, nem sempre o “Tche” vem acompanhado de xingamento, é apenas espanto.